19 de outubro de 2016 – Faltam 2 anos e 2 meses

Estou há vários minutos diante desta tela em branco. São tantas coisas que quero contar que me faltam palavras, ou melhor, me sobram palavras. Todas pulando loucamente, esperando para entrar nesta história.

Vamos do princípio. Há tempos que venho me pegando em cismas, pensamentos filosóficos sobre o tempo. Ah, o tempo!!! O que vivi e o que ainda está por vir. Será que os vivi como deveria? Dei a cada momento a importância devida? O que ainda posso pensar que vou viver?

Não tenho respostas para nenhuma destas indagações. Sei apenas que, a pouco tempo de fechar uma data exata – de 50 anos – sinto-me na obrigação de rever o que fiz e o que ainda quero fazer.

E tem coisa!!! Descobri que, apesar da minha sede insaciável por aprender, tem muito que ainda não sei. Tantas coisas que quero conhecer, aprender, desenvolver… que por vezes me vejo num carrossel veloz e desgovernado, sem nenhum controle sobre o rumo que vai seguir ou se apenas vai girar em volta de si mesmo o tempo todo.

Então me obrigo a parar, respirar fundo e pensar com mais vagar sobre tudo isso. Ok, Gi, chegar aos 50 não é assim tão complicado! Também não é simples assim, com o perdão do trocadilho – impossível evitar. Não é pra qualquer um, também é bom que se registre. Por isso, esta data tem tanto significado.

Um balanço da nossa vida é quase obrigatório nesta fase. Já aprendi tanto… e há tanto ainda por saber. Coisas bobas, prosaicas, como lidar com programas de editoração, por exemplo? Sim, quero saber, ainda que o básico. Mas há coisas grandiosas, importantes para alguém tão acelerado como eu. Meditar!!! Sim, isso me é extremamente caro. Aprender a relaxar…

Tenho várias fontes de inspiração para esta caminhada e vou citar ao longo desta caminhada. O que quero nestas “mal traçadas linhas” é exercitar os meus desejos antes dos 50. Quais itens vamos colocar nesta minha lista? Lendo sobre outras listas, em livros, internet, encontramos muitas ideias. Boa parte delas já fiz. Agora quero colocar as minhas, na minha lista.

O primeiro passo dei hoje… A introdução dos próximos 26 meses da minha vida está pronta, mas minha lista ainda não começou. Vou pensar nela mais tarde e compartilhar com você. Assim, poderá me ajudar a pensar em como tornar real coisas mais complicadas, como saltar de paraquedas, por exemplo!!

Até o próximo!!!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *